logo

publicado em:17/05/18 6:57 AM por: Viana Patricio B Neto

O tema da Utopia que norteia o XVIII ENANPUR e os desafios que o aprofundamento das políticas neoliberais tem imposto ao ensino, à formulação e ao exercício do planejamento urbano e regional no Brasil motivam a proposta de discussão sobre a assistência técnica aos segmentos sociais que, historicamente, têm sido excluídos do direito de acesso à terra e à cidadania plena. Nesta perspectiva, a presente mesa se propõe a aprofundar o debate sobre as possibilidades do exercício profissional no campo da habitação de interesse social (Lei Federal 1888 de 24/12/2008), contemplando a assessoria, a formulação de novas possibilidades metodológicas de intervenção e de preparação dos profissionais, com ênfase nos recém-formados, no cotidiano da luta dos movimentos sociais por moradia e por cidadania, dos movimentos do campo, das águas e das florestas, na troca de conhecimentos com os destinatários e na interação entre a práxis e a cidadania.





Comentários